Notícias

STF mantém aprovados de 2009 no HU

O Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) não corre o risco de ter algumas de suas atividades paralisadas por falta de funcionários. Na segunda-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu medida cautelar ao Ministério Público Federal (MPF) da 4ª Região para garantir a contratação de 196 funcionários, feita em 2009.

As contratações foram realizadas a mando do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, após pedido do MPF, que havia entrado com ação judicial em 2008. A União contratou os servidores, mas recorreu da sentença. A decisão de segunda-feira garante as contratações.

O MPF entrou com ação contra o HU porque a União não realizou concurso para contratar profissionais de saúde depois de ter investido recursos públicos em obras e equipamentos para diversos setores do hospital.

– Devido ao número insuficiente de profissionais, não estavam em funcionamento 13 novos leitos da UTI, quatro leitos da Unidade de Clínica Cirúrgica e duas salas do Centro Cirúrgico – afirmou o procurador da República Maurício Pessutto.

A União recorreu da sentença à segunda instância do TRF, pedindo a anulação do concurso, e conseguiu. Inconformado, o MPF, por meio da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, pediu auxílio para que a decisão fosse revista.

Anulação traria risco de paralisação, diz procurador

O procurador regional da República, João Heliofar de Jesus Villar, entrou com medida cautelar para garantir que as contratações feitas com base na ação de 2008 fossem mantidas pela Justiça.

– O objetivo é que os servidores que foram contratados permaneçam e que as alas continuem em funcionamento prestando serviço à população. O grande risco é que estas alas parem e deixem filas de espera para as cirurgias e diminuição de leitos – afirma o procurador, preocupado com o grande contingente de beneficiários do Sistema Único de Saúde (SUS) atendidos pelo HU.

A próxima medida do MPF é recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e, se preciso, ao STF, para reverter a decisão de anular o concurso.

Segundo o reitor da UFSC, Álvaro Prata, o concurso foi aprovado e as pessoas começaram a ser chamados.

– Já preenchemos as 196 vagas. Esta medida não nos afeta. Só nos afetaria se tivéssemos que realizar um novo concurso. Como todo hospital, temos o que melhorar, mas o HU é referência no país – afirmou Prata.

Manchete

Diário Catarinense
http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a3257212.xml&template=3898.dwt&edition=16790§ion=213


Postado

30.março | 2011


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb