Notícias

ANS decide facilitar troca de plano de saúde

A partir do mês que vem, os brasileiros terão mais facilidade para passar de um plano de saúde para outro sem cumprir outro período de carência na nova operadora.

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) finalizou ontem as linhas gerais de uma nova norma, que precisará ser aprovada por um grupo técnico da agência.

A chamada portabilidade de carência, que só vale para plano individual, será estendida ao plano coletivo por adesão (contratado por entidades como sindicatos e associações e ao qual o cliente adere espontaneamente).

O número de pessoas aptas a trocar de plano sem cumprir carência subirá de 7,4 milhões para 12,7 milhões. No país, 42,8 milhões de pessoas têm algum plano.

Outra mudança será o período em que a troca de operadora poderá ser pedida. Em vez de dois meses por ano, como é hoje, serão quatro.

As mudanças não valerão para plano coletivo empresarial nem para contrato antigo (anterior a 1999).

A ANS quer expandir as regras porque desde que a portabilidade de carência foi criada, em abril do ano passado, somente 1.290 pessoas trocaram de operadora.

A portabilidade evita que o cliente seja "refém" de sua operadora. Hoje muitas pessoas não trocam de plano por causa da carência -após a mudança, é preciso esperar um certo período para terem direito a consulta e cirurgia.

A troca deve ser entre planos com preços parecidos.


 

Manchete

Folha de S. Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0206201019.htm


Postado

2.junho | 2010


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb