Notícias

Biblioteca Livre

Há dois anos, nestes dias de inverno, um grupo de amigos se reuniu no Campeche, e depois de algum vinho decidiu colocar em prática uma idéia já acalentada há algum tempo: uma biblioteca comunitária, que logo ganhou nome: Bilica, Biblioteca Livre do Campeche. Alugamos uma sala, doamos nossos livros e começamos a divulgar a ideia. Tinha gente que parava na frente da sala, nos sábados em que estávamos pintando, colocando estantes, e várias pessoas vieram ajudar. No início pensávamos que poderíamos abrir a biblioteca apenas algumas vezes por semana, mas logo conseguimos organizar um grupo de voluntários que tem conseguido manter um funcionamento regular desde a inauguração: a Bilica abre de segunda a sexta das 9h às 12h e das 15h às 18h e sábados das 15h às 18h.
Desde início o grupo decidiu que a Biblioteca teria três princípios fundamentais e não negociáveis: valorização da cultura, acesso livre e gratuito e trabalho voluntário. O aluguel da sala é pago com contribuições mensais de um grupo de aproximadamente 10 pessoas e criamos uma Associação de Amigos da Bilica para formalizar esta situação.
Atualmente a Biblioteca tem 1064 leitores cadastrados e um acervo de cerca de 5 mil livros. Uma parte deste acervo está já cadastrada em um software desenvolvido pela equipe do Laboratório de Sistemas de Conhecimento da UFSC, e pode ser consultado em sol.lsc.ufsc.br/bilica. Destes leitores, aproximadamente a metade são crianças. Tivemos também uma contribuição importante da Professora Magda Chagas do Depto de Ciências da Informação, que auxiliou na organização da Biblioteca com um projeto de extensão.
Além da leitura, a Biblioteca tem sido um espaço de sociabilidade importante. Afora a praia, e alguns bares e mercados, a região do Campeche é muito carente de lugares onde as pessoas possam se encontrar, conversar e realizar atividades culturais. Assim, a biblioteca é um lugar de encontro, de conversa, de parada obrigatória para muitos. Também têm sido desenvolvidas várias oficinas de arte e línguas na biblioteca. Origami, mandalas, arte com sucata para crianças, italiano, inglês e espanhol tem sido desenvolvidas com voluntários ou através de projetos ligados à UFSC – no caso dos cursos de línguas as aulas são ministradas por alunos do PET- Letras, e à UDESC, como as oficinas de arte no sábado.
Para possibilitar um melhor trabalho nestas oficinas, resolvemos investir na ampliação do espaço. A alternativa encontrada foi a reforma de um anexo nos fundos da sala que a Biblioteca ocupa. Isso gerou uma série de despesas e fará subir o aluguel da sala a partir de setembro de 2009. Deixamos então um convite a todos para que visitem a biblioteca e contribuam com este trabalho seja com seus conhecimentos, seja com uma contribuição mensal ou eventual, seja com livros (infantis e literatura), ou com o seu incentivo.
A BILICA fica na Avenida Campeche, 2157. O telefone é 32382181 e o e-mail é bilicampeche@gmail.com
Para contribuições a conta é no Banco do Brasil; Agência: 4397-4; Conta Corrente: 11156-2t; em nome da Associação dos Amigos da Biblioteca Livre do Campeche/ CNPJ - 10.773.799/0001-02.

Manchete

Boletim da Apufsc
http://www.apufsc.ufsc.br/texto/988/


Postado

9.julho | 2009


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb