Opiniões

Resultados da consulta eleitoral de novembro de 2015 para reitor da UFSC

Os resultados mostram uma brutal distorção

José J. de Espíndola

23.novembro | 2015

Glossário:

COMELEUFSC:
É a Comissão Eleitoral criada pelo Conselho Universitário e nomeada pela Reitora para conduzir a consulta ‘informal’ entre professores, alunos e servidores técnico-administrativos, na forma ‘paritária’. As aspas em ‘informal’ servem para lembrar que não houve informalidade alguma, já que a COMELEUFSC  foi criada ‘oficialmente’ e o procedimento eleitoral normatizado pelo Conselho Universitário.

APUFSC:
É o Sindicato dos Docentes das instituições federais de ensino superior no estado de Santa Catarina.

APUFSC/ATIVOS:
É o resultado da consulta informal, eletrônica, entre os professores ativos, feita pelo sindicato APUFSC.
 





 

 


 
COMENTÁRIOS:

Os resultados acima mostram uma brutal distorção: Se fosse imperativo, assumiria a Reitoria não o candidato preferido do corpo docente (responsável pelas atividades fim da universidade), mas o candidato dos servidores não docentes, os servidores técnico-administrativos, responsáveis pelas atividades meio.

Parece e é loucura subtropical!

Seria como se o presidente da Câmara ou do Senado fossem eleitos pela vontade majoritária dos servidores legislativos (não parlamentares) daquelas casas.

É o que dá abrir a guarda para o populismo demagógico, ou a democratitica dentro das universidades. Populismo este que nem a Câmara nem o Senado aceitam para a eleição de seus Presidentes ou das suas Mesas Diretoras. Mas não se obstam, Câmara e Senado, em introduzi-lo, via legislação, nas universidades federais, gerando distorções como a aqui apontada, cujo efeito maior é e será a perda da reputação acadêmica das mesmas.

Absurdo em grau absoluto!

E há docentes (em geral do baixo clero acadêmico) que aceitam e se aproveitam desse jogo lesivo à instituição acadêmica, indecentemente e oportunisticamente.

Se o Governo Federal usar da prática já corriqueira de nomear Reitor o mais votado na consulta ‘informal’ da universidade, sem entrar no mérito do Curriculum Vitae, e na vontade demonstrada do corpo docente, Cancellier será o próximo reitor, para consternação geral dos professores, responsáveis pela condução das pesquisas, desenvolvimentos tecnológicos, ensino e extensão, e razão mesmo da existência da universidade.

Será a inversão total dos valores acadêmicos.

Será um tapa na cara do mérito acadêmico e dos que tanto se esforçaram e se esforçam para terem reconhecidos esses méritos, seus e da instituição à qual dedicam suas vidas.

Será uma deslavada indecência, coisa de república bananeira!

Repugnante.

*José J. de Espíndola
Professor Aposentado da UFSC
 

O princípio que rege a publicação de artigos nesta seção Opiniões é o da plena liberdade de expressão dos professores, de forma a garantir um canal que expresse a pluralidade ideológica dos filiados à Apufsc-Sindical. Fica claro que as opiniões expressas nos textos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, e que a entidade e sua diretoria não se responsabilizam pelo conteúdo. Eventuais consequências decorrentes da violação da lei ou da imagem de pessoas citadas nos textos, bem como casos de calúnia, difamação ou injúria, serão assumidas exclusivamente pelos autores que os subscreveram.

Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb